Curso de Maquiador Profissional - Décima Primeira Aula - "Maquiagem para Orientais".

Oi Pessoal!!! Demorei mas voltei!!! :)

O tema desta aula prática foi "Maquiagem para Orientais".


Então, hoje falarei sobre os desafios de fazer uma maquiagem oriental.

A preparação da pele deve ser feita sempre iniciando pela limpeza e hidratação, sempre levando em consideração o tipo de pele da pessoa (que pode ser seca, mista, oleosa ou normal), como explicado nos posts anteriores.
A cobertura da pele também deve ser feita de acordo com a necessidade de cada tipo ou estado da pele (usando Corretivo para camuflar: manchas, acnes, cicatrizes, etc; Base: em pó, em bastão ou líquida; Pó facial: usar somente para finalização, não podendo ser usado em excesso). Estas dicas também foram passadas em posts anteriores.

O desafio da maquiagem em pessoas orientais, ou descendentes de orientais, está nos olhos, pois os mesmos possuem a pálpebra abaixo da sobrancelha sem marcação "natural" de côncavo e olhos pequenos.

Por motivo disso, o maquiador deve criar um "falso côncavo" (imaginando como o mesmo seria se a pessoa o tivesse) para poder dar profundidade ao olhar. E também aumentar a largura dos olhos "puxando" a sombra para o canto superior externo, criando assim um efeito de "olho maior e mais largo".

Vejam o "antes e depois" da modelo que maquiei:



Vendo a foto do "antes e depois", podemos notar visivelmente a diferença que a maquiagem faz nas pessoas de traços orientais.
Também devemos lembrar que os orientais possuem o rosto "redondo". Por causa disso, devemos utilizar a técnica de "luz e sombra" para completar a transformação, realçando sempre a beleza natural de cada pessoa. Nesse caso eu realcei as maçãs do rosto, diminuindo as bochechas.

Espero que este post tenha ajudado! Qualquer dúvida, deixem uma mensagem.

Beijos... E até o próximo post!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário